JESUS NÃO MORREU

PORDOSOL-slide16

Eu acho engraçado esses cristãos. Fico pensando nessa história toda sobre Jesus, esse homem santo que viveu aqui na terra. Como pode Deus matá-lo? Como poderia Deus estar de acordo com os judeus e deixá-lo morrer em uma sangrenta cruz? Como?

Eu não entendo nada disso. Aliás, é complicado demais para entender. Temos uma outra percepção, já que cremos que Deus é justo demais para deixar um profeta ser assassinado cruelmente. É por isso que nós não temos a chamada “Páscoa” que os cristãos tanto falam. É uma festa (lembrança) que não temos em nosso calendário. Conforme diz o sagrado Alcorão, “não o mataram ou crucificaram, apenas isso lhes foi simulado. E aqueles que discordam quanto isso, estão na dúvida, pois não possuem conhecimento algum, e apenas fazem conjecturas. Porém, o fato é que não o mataram; outrossim, Deus elevou-o até Ele, o Poderoso, o Sábio” (4:157-158). Portanto, Jesus não morreu.

Talvez você possa se espantar e perguntar: Mas como não houve a crucificação se historiadores a relatam? Na verdade, houve sim, mas de alguém semelhante a Jesus, e não ele próprio. Foi a providência divina que fez a troca, na hora do crucificação, de Jesus por este homem semelhante a ele.

Além do mais, se Deus é onipotente, bastava apenas ele querer perdoar os pecados e não precisaria sacrificar alguém por isso. O muçulmano crê que Jesus não morreu, que após a ceia de despedida foi arrebatado por Deus, assim como aconteceu com os profetas Henoch (Gn.5:24) e Elias (2Rs.2:9-13).

Mas há uma coisa “em comum” entre muçulmanos e cristãos: aguardamos a vinda de Jesus. E esse é um dos grandes sinais do Dia do Juízo Final.

Era dessa forma que eu cria. Então, Feliz Páscoa!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comente

Comentários

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.